Notícias

INEFOP regista mais de 400 desistências em 2017 no Moxico


Directora Provincial do Pavilhão de Artes e Ofícios do INAFOP no Moxico, Ester Vumbi Celestina

Luena - Quatrocentos e 35, dos 998 jovens matriculados em 2017, desistiram dos diversos cursos técnicos profissionais ministrados nos centros de formação tutelados pelo Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFOP) na província do Moxico.
A informação é da directora do INEFOP, Ester Celestino, prestada durante a cerimónia de encerramento do ciclo formativo 2017, justificando a desistência com a escassez de salas de aulas e de formadores.

Adiantou que no ciclo formativo findo, a instituição matriculou novecentos e 98 jovens nos cursos de alvenaria, carpintaria, corte e costura, electricidade, culinária, pedreira, informática, ladrilhador, tendo 563 técnicos terminado com êxito.

Apelou aos empresários locais a criarem condições para a absorção da mão-de-obra constituída na sua maioria por jovens com idades até 20 anos.

A responsável espera que em 2018 se absorva maior número de jovens em cursos profissionais, com a contratação de novos docentes a abertura do maior centro de formação profissional, denominado “Agostinho Neto”, cujas obras de reabilitação e ampliação encontram-se na fase final.

Na ocasião, Salvador Pedro, de 15 anos de idade, recém-formado em electricidade, em nome dos formandos, explicou que a formação decorreu sem sobressaltos e sentem-se preparados para enfrentar o mercado de trabalho e obter os seus próprios rendimentos.

Na cerimónia, o vice-governador do Moxico para o sector Político e Social, Carlos Alberto Masseca, encorajou os jovens a encararem o mercado de trabalho sem receios, lembrado que o sector empresarial deve ser o maior empregador.

Lembrou que a formação profissional deve ser encarada como uma forma de ajudar as famílias a criar as suas rendas, tendo apelado aos jovens a aplicar na prática todo conhecimento adquirido ao longo da formação.

O INEFOP controla na região sete centros de formação profissional oferecendo 20 cursos.

 

 

Fonte: ANGOP

Você está aqui: Home SIAC Em destaque Notícias INEFOP regista mais de 400 desistências em 2017 no Moxico